segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Nas férias escolares, use cartão comum nas lotações


Nos meses de dezembro e janeiro, a diretoria da Cooperlotação indica que usuários do sistema utilize o cartão comum no transporte coletivo municipal de São Vicente, que traz uma vantagem significativa sobre os demais: a integração gratuita entre as lotações. Esse benefício faz com que o usuário possa, em um período de até meia hora, andar em até duas lotações, pagando uma só passagem.

Os interessados em utilizar deste benefício, devem ir até uma das lojas da Cooperlotação e fazer o cadastro, portando os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. É necessário fazer uma recarga de créditos no valor de R$ 25,00, que dará direito a 10 passagens e uma integração sem custo por passagem.

A tarifa não é cobrada quando o usuário pegar a segunda linha de lotação em até meia hora após o registro de pagamento da primeira. O serviço é exclusivo para usuários do cartão comum, não sendo válido para cartão escolar ou  cartão empresa. O benefício vale apenas para o dono do cartão e não pode ser utilizado por terceiros.

O cadastro pode ser feito no Centro, nos boxes 79/80/82 do VipX Shopping Popular, entre as Rua Frei Gaspar e a Praça Barão do Rio Branco (de segunda à sexta, das 9h30 às 19h30 e aos sábados, das 9h30 às 15 horas). O cartão comum também pode ser feito na unidade do Parque São Vicente, que fica na sede da cooperativa, localizada na Rua Frei Gaspar, 2959 (segunda à sexta-feira, das 9 às 16 horas). 

Informações pelo telefone (13) 34698-2211.
 

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Cooperlotação apoia projeto Banco de Sementes


A Cooperlotação está apoiando o projeto Banco de Sementes, realizado pela ONG Ecomov. Com ações de educação ambiental, o projeto tem suas atividades voltadas aos alunos das escolas da região. Realizado no Parque Ecológico Voturuá, a ação chegou, no último dia 14 de novembro, à 26ª edição.

Neste mais recente encontro, a ONG fundada por Rodrigo Azambuja, atendeu cerca de 40 alunos de PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas) de Mongaguá, por meio de programa realizado entre a Políica Miliatar e a EMEF Regina Márcia e Escola José Carlos Freitas.
História - Em dois meses, o projeto Banco de Sementes atendeu 1581 alunos da rede pública da região "Isso significa que foram transmitidas 1581 mensagens de preservação e conservação das espécies nativas da Mata Atlântica e isso foi feito de forma lúdica e simples", declarou Azambuja.
Para Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação, o apoio ao projeto é uma forma da cooperativa trabalhar um pouco mais a responsabilidade socioambiental. "Apoiamos um trabalho de reflorestamento que é feito pelas próprias mãos das crianças. Isso não é só bonito, mas que traz esperança para todos. Esperança de um mundo melhor e, da parte do transporte municipal coletivo, uma forma de compensar um pouco pelas emissões de gases poluentes provenientes dos automóveis, inclusive das lotações.
 
Responsabilidade Socio-Ambiental - Já tem alguns anos que a cooperativa iniciou, timidamente, seu trabalho de responsabilidade sócio-ambiental. Ainda na construção de sua sede foi projetada uma caixa d'água de 15 mil litros específica para reaproveitamento das águas pluviais. Essa água é usada, entre outras coisas, para a lavagem das lotações. Em eventos sociais da cidade, a entidade também participa doando mudas de flores."Precisamos de uma São Vicente mais verde. Este foi apenas mais um passo da cooperativa nesse sentido. Muito mais está pro vir", garante Anderson.

* Foto ONG Ecomov

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Diretoria da Cooperlotação presta conta em Assembleia Extraordinária

Na tarde de 10 de novembro, dezenas de autorizatários de lotações em São Vicente  participaram da Assembleia Extraordinária para prestação de contas realizada pela diretoria da Cooperlotação.  A reunião aconteceu na sede da entidade, no Parque São Vicente.
Anderson da Silva, presidente da cooperativa, abriu o encontro apresentando o balancete do ano de 2012 e 2013, além do atual saldo da entidade e principais contas à vencer. Quantidade de passagens vendidas e valores a receber foram alguns dos itens mostrados aos presentes através de slide. Cada participante também recebeu demonstrativo detalhado da movimentação financeira da entidade nos últimos três anos.
“Foi um meio de, mais uma vez, mostrarmos nossa forma de trabalhar. Essa diretoria faz questão de atuar com transparência. Estamos de portas abertas para receber todos os cooperados que quiserem tirar dúvidas ou fazer sugestões, mas como são poucos os que fazem isso, optamos por realizar a assembleia e dar a oportunidade para que cada um pudesse tirar dúvidas”, explicou o presidente.
Segundo a convenção, a diretoria da Cooperlotação tem o dever de fazer prestação de contas anualmente. Em março deste ano, os cooperados reuniram-se em assembleia ordinária para ter conhecimento das contas e ações realizadas pela entidade.
“Não tínhamos qualquer obrigação de prestar contas agora, oito meses depois da prestação oficial, mas para reforçar a clareza do trabalho realizado, escolhemos reunir os cooperados e mostrar como tem sido feita a movimentação desta entidade”, finalizou Anderson.

terça-feira, 22 de julho de 2014

Cooperlotação faz cadastro de estudantes para o segundo semestre



A Cooperlotação já está fazendo o cadastro e recadastro de estudantes interessados em utilizar cartão escolar no segundo semestre deste ano. O cartão, que oferece benefício de 50% de desconto nas passagens nas lotações de São Vicente, é voltado exclusivamente para alunos das redes pública e particular de ensino da cidade. 

Os interessados em utilizar o benefício, devem ir até uma das lojas da cooperativa munidos da declaração escolar assinada e carimbada, além de comprovante de residência, RG e CPF. Caso não tenha tais documentos, o aluno pode apresentar certidão de nascimento e os documentos do responsável. É necessário pagar uma taxa de R$ 15,00 no momento do cadastro ou do recadastro.

O benefício pode ser obtido em uma das lojas da Cooperlotação:

* Sede da Cooperlotação (andar térreo): Rua Frei Gaspar 2959, no Parque São Vicente. Funciona de segunda à sexta-feira, das 9 às 16 horas. ´

* Quiosque da Cooperativa no VipX Shopping Popular: Entre a Rua Frei Gaspar e a Praça Barão do Rio Branco, no Centro. Funciona de segunda à sábado. Durante a semana, a loja fica aberta das 9 às 18 horas e aos sábados, das 11 às 17 horas.

Informações pelo telefone (13) 3469-2211.

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Projeto de melhorias do transporte pode ser conhecido no canal da Cooperlotação


Um slide que mostra o projeto de melhorias para o sistema de lotações pode ser visto no canal da Cooperlotação no Youtube. Por quase nove minutos é possível conhecer um plano de ação que promete beneficiar todo o município. 

 A apresentação inicia falando da padronização da frota, projeto entregue pela diretoria da Cooperlotação em novembro passado ao prefeito da cidade, Luís Claudio Bili. Nesta concepção, todos os veículos terão o mesmo padrão e especificações técnicas, incluindo: tamanho, cor, altura, largura, quantidade de bancos duas portas e elevador para cadeirantes.
Para garantir a segurança dos usuários, as lotações utilizarão anjo da guarda, equipamento que não permite a partida do veículo com as portas abertas, e limitador de velocidade.  

O projeto também prevê a criação de uma comissão disciplinar. Trata-se de aquisição de viaturas para auxílio e fiscalização dos operadores. Regras únicas abrangerão todas as linhas e haverá punição para os profissionais que avançarem o sinal, não usarem uniformes e atenderem telefones ou rádios durante o expediente. Também serão penalizados os veículos que estiverem mal conservados e sem a manutenção preventiva em dia.

Os usuários de cartão escolar e comum poderão adquirir créditos pela Internet, pagar créditos via boleto bancário e receber seu cartão transporte comum com créditos via Correios, caso este seja a opção.

Haverá, ainda, sistema de telemetria e monitoramento – indispensáveis para implantação do caixa única e melhorias na operação das linhas. Isto significa que com essas ferramentas será possível monitorar, em tempo real, por meio do computador de bordo, informações do veículo, como: velocidade empregada, posição do veículo, tempo de espera e desvio de rota.


quarta-feira, 16 de julho de 2014

Cooperlotação volta a comercializar vale transporte na sede


A Cooperlotação voltou a comercializar cartão transporte em sua sede. A partir desta semana, os interessados em fazer cadastro, recadastro e compras de créditos para vale transporte escolar e comum podem ir até a entidade, no Parque São Vicente.

Segundo Renato Nicolussi Lima, diretor financeiro da entidade, a iniciativa é resultado da intensa procura dos usuários pela compra no local. "Há pouco mais de seis meses, paramos com as vendas na sede, transferindo todo esse processo para outras unidades. Mas os usuários do sistema, especialmente os que moram na região  sentiram falta e pediam, constantemente, que voltássemos a fazer a comercialização por aqui", explica.

Ele continua: "Esta é mais uma opção para usuários que contam, ainda, com a loja da cooperativa dentro do VipX Shopping Popular, no Centro".

A diretoria da cooperativa aproveitou o período de volta as aulas para fazer a reabertura do local, que funciona numa sala ampla e climatizada, no térreo da entidade. Três guichês estão dispostos para o atendimento, que é feito por ordem de chegada, mediante a retirada de senha na entrada.

Na sede da Cooperlotação, o espaço de comercialização de cartão escolar e comum funciona de segunda à sexta-feira, das 9 às 16 horas. A cooperativa fica na Rua Frei Gaspar, 2959. Informações pelo telefone (13) 3469-2211.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Cooperlotação amplia atendimento na oficina mecânica

Em favor dos cooperados, a diretoria da Cooperlotação decidiu ampliar os serviços na oficina da entidadeO local agora conta com dois mecânicos, um lubrificador, dois moleiros e dois ajudantes de moleiros, que juntos trabalham na manutenção da frota das lotações de São Vicente.
O aumento do quadro de funcionários do local se deu em função da intensa procura pelos serviços oferecidos na garagem da cooperativa. “Os profissionais são de qualidade e o valor pago pelos serviços são cerca de 50% mais em conta do que em qualquer outro estabelecimento vicentino”, afirma Cleber Carpanedo, primeiro secretário da entidade.
Outra vantagem para os cooperados, é que não é mais preciso agendar  horário para os serviços de manutenção nos carros da frota. “Agora o atendimento é feito por ordem de chegada”, completa Carpanedo.
Na oficina, os veículos do transporte municipal coletivo de São Vicente passam por manutenção que inclui troca de buchas, molas, arqueamento das molas e revisão geral das condições de suspensão e molas do veículo. Também é possível fazer o embuchamento completo, lubrificação, troca de óleo, de tambor de freio e amortecedores.
Os cooperados interessados nos serviços oferecidos exclusivamente para as lotações devem ir à sede da Cooperlotação, de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Aumentam as vendas no setor de autopeças



No mês de junho, o setor de autopeças da Cooperlotação aumentou significatimente suas vendas em relação ao total vendido no mês de maio. Jorge Verderamis, segundo secretário da cooperativa e responsável pelo setor de mecânica e autopeças, explica que esse aumento nas vendas é resultado da maior oferta de produtos.
“A variedade de produtos comercializados na cooperativa é extensa. Temos quase tudo o que é preciso para manutenção das lotações. De kit de motor à peças de suspensão e filtros é possível encontrar no local. Mas os campeões de vendas são os pneus, filtros e óleos”, revela Verderamis.
Segundo o diretor, os preços competitivos também são fortes atrativos para os cooperados. 
A comercialização das peças para micro-ônibus e sprinters é feita exclusivamente com os cooperados, que podem adquirir qualquer produto 50% mais em conta do que nas lojas da cidade.


terça-feira, 1 de julho de 2014

Integração gratuita nas lotações completa um mês



O projeto de integração gratuita nas lotações de São Vicente completou um mês de funcionamento, com significativo aumento de adesões ao cartão comum. Isso porque o benefício é válido apenas para o usuário portador deste tipo de cartão. "O passageiro que quiser pegar duas lotações pagando apenas uma passagem, deve fazer o cartão comum para ser favorecido  com a integração gratuita”, esclareceu o diretor financeiro da Cooperlotação, Renato Nicolussi Lima.
O usuário interessado em utilizar este benefício, deve ir até uma das lojas da Cooperlotação e fazer o cadastro. É preciso levar RG, CPF e comprovante de residência. É necessário, ainda, fazer uma recarga de R$ 25,00, que lhe dará direito a 10 passagens e uma integração sem custo por passagem.
A tarifa não será cobrada quando o usuário pegar a segunda linha de lotação em até meia hora após o registro de pagamento da primeira. O benefício vale apenas para o dono do cartão e não pode ser utilizado por terceiros.
No Centro, o cadastro pode ser feito no quiosque da Cooperlotação que fica no VipX Shopping Popular, entre a Rua Frei Gaspar e Praça Barão do Rio Branco. 



terça-feira, 24 de junho de 2014

Cooperlotação altera logotipo nas redes sociais durante a Copa do Mundo

A Cooperlotação alterou seu logotipo nas redes sociais durante a Copa do Mundo. A “nova” imagem, em que o círculo verde foi alterado para amarelo -  enfatizando as cores do Brasil, é uma homenagem do transporte municipal vicentino à realização do mundial.
A ideia é mostrar a torcida dos profissionais envolvidos com o transporte feito pelas lotações em São Vicente à equipe do nosso País. “Apesar de não temos nada a ver com futebol, torcemos pelo nosso País e por tudo o que o envolve. Esta é a nossa forma de demonstrarmos nosso apoio ao Brasil”, explicou a  responsável pela comunicação da Cooperlotação, Flávia Souza.
Além da alteração do logotipo, a Cooperlotação também estará manifestando sua torcida nas redes sociais, com pequenos banners, durante os jogos do Brasil. Para visualizar, acesse www.facebook.com/cooperlotacao. 


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Histórias na Lotação #1


Uma viagem de lotação não precisa ser, necessariamente, cansativa e aborrecida. A jornalista Daniela Origuela, que o diga. Com um olhar apurado sobre o cotidiano, ela registra em sua página pessoal no Facebook relatos vividos dentro do transporte público. 


Dia desses, ela elogiou um profissional do sistema vicentino, um cobrador que trabalha na linha Parque das Bandeiras/Samarita/Vila Ema. Segundo conta, não há viagem chata ao lado desse profissional. Veja:





quinta-feira, 29 de maio de 2014

SV não paralisa transporte feito por lotações


Na semana passada, algumas cidades do Estado de São Paulo ficaram sem transporte coletivo feito pelos ônibus.  Ontem foi a vez de três capitais brasileiras passarem por esta situação: Florianópolis (SC), Salvador (BA) e São Luís (MA). No Rio de Janeiro, parte da frota também parou. O maior prejudicado neste tipo de manifestação é o passageiro, que fica com seu direito de ir e vir limitado.

Em São Vicente não temos isso. Nos 17 anos que o transporte por lotações funciona na cidade, nunca houve greve ou um dia de paralisação total dos veículos da frota.

O passageiro que utiliza transporte coletivo na cidade, não sabe o que é ficar com seu direito de ir e vir limitado ou até mesmo interrompido. Isso porque, desde que foram legalizadas em 1997, as lotações funcionam ininterruptamente, 24 horas por dia.

O usuário também sabe que o tempo de espera no ponto dificilmente ultrapassa cinco minutos. Pela TV e outros meios de comunicação foi dito por passageiros dos ônibus na grande São Paulo e adjacências que lá chegam a ficar uma hora esperando por uma condução.

O fato é que não precisamos ir tão longe, já que aqui na Baixada Santista mesmo ainda há linhas de intermunicipais que demoram aproximadamente esse tempo para passar nos pontos de ônibus.

Em São Vicente, com o transporte feito por lotações, isso não acontece. Admitimos que ainda temos falhas no dia a dia do sistema que precisam ser corrigidas, mas parar a frota nunca foi uma delas. Isso porque o usuário precisa do transporte, assim como o nosso transporte precisa do usuário.

O nosso compromisso é oferecer um serviço de qualidade, que inclui a não suspensão do serviço, seja qual for o motivo. Não haverá greve ou manifestação de qualquer outro grupo nos impeça de levar o passageiro ao seu destino.

Nestas linhas, nos comprometemos a continuar servindo a população vicentina 24 horas do dia, sete dias por semana e torcemos para que essa atitude, que nos acompanha já há quase duas décadas, seja reconhecida pelos usuários da Primeira Cidade do Brasil.


Diretoria Cooperlotação

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Integração de vans gera polêmica - SP Record

Matéria veiculada no telejornal SP Record, do dia 14 de maio de 2014, sobre a integração gratuita das lotações em São Vicente. Para assistir, clique AQUI.


quarta-feira, 14 de maio de 2014

Integração das Lotações em São Vicente - Band Cidades

Matéria veiculada no dia 13 de maio de 2014, jornal Band Cidades, sobre a integração das lotações em São Vicente. Para assistir, clique AQUI.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Vídeo: projeto de melhorias no transporte coletivo de SV

Projeto apresentado pela Cooperlotação na audiência pública do transporte, realizada no dia 9 de maio de 2014, na Câmara de São Vicente. O vídeo expõe benefícios e melhorias que já existem no sistema de lotações do Municípioe, bem como os que estão sendo criados para melhorar a qualidade do serviço da Cooperativa de Transportes Cooperlotação.

Assista:

Audiência discute criação de sistema de Transporte Público em São Vicente

Jornal Bom Dia São Paulo faz matéria sobre a audiência pública do transporte, realizada no dia 9 de maio de 2014, na Câmara de São Vicente. Para assistir, clique aqui.



Em resposta á afirmação do secretário municipal de Transportes Raimundo Oliveira, que voltou a dizer para um veículo de comunicação que a categoria tem 88% de reclamação, lembramos que a frase dele foi rebatida pela diretoria da Cooperlotação no final de abril e publicada, também, AQUI.

Em SV, duas viagens ao preço de uma

Matéria publicada pelo jornal A Tribuna,na página A9, do dia 13 de maio de 2014, sobre a integração entre as lotações.


Para esclarecer alguns pontos, a diretoria da Cooperlotação informa:


O projeto de integração gratuita entre lotações não surgiu foi aprovadop pelos permissionários em assembleia em setembro do ano passado. Depois da aprovação, houveram estudos para a implantação da integração e o tempo da empresa de tecnologia elaborar as mudanças técnicas no sistema. 

Sobre o tempo para a integração entre veículos, a diretoria da Cooperlotação informa que é suficiente, uma vez que os usuários só passam o cartão no validador quando estão para descer do coletivo.

Para a assessoria de comunicação da Cooperlotação, o repórter do Jornal Expresso Popular não perguntou os documentos necessários para a confecção dos cartões. Quando a medida foi aprovada, há oito messes, a ideia era incentivar a confecção do cartão comum, através do estímulo da integração gratuita.

Para ler toda a matéria do jornal, clique aqui.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Começa hoje a integração gratuita nas lotações de São Vicente





A Cooperlotação informa que partir de hoje (12), os usuários do transporte coletivo municipal de São Vicente poderão fazer integração gratuita entre as linhas de lotação. A novidade,  que vale apenas aos portadores do cartão comum, foi aprovada pelos cooperados em assembleia realizada em setembro do ano passado.

Para ser beneficiado, o passageiro precisará fazer uma recarga de R$ 25,00, que lhe dará direito a 10 passagens e uma integração sem custo por passagem. Isso significa que além da gratuidade na integração, o usuário ainda terá um desconto de R$ 0,10 centavos por passagem.

“A tarifa não será cobrada quando o usuário pegar a segunda linha de lotação em até 30 minutos após a descida da primeira. Lembrando que o benefício é pessoal e intransferível”, explica o diretor financeiro da cooperativa, Renato Nicolussi Lima.

Ele lembra que este é mais um benefício da Cooperlotação para os usuários do sistema. “Estamos trabalhando para mudar o serviço oferecido pelo transporte municipal. Muitas ações que beneficiam tanto usuários quanto cooperados já estão em prática na cidade e contamos com o apoio de toda a população para continuar nesse processo positivo de mudanças”.



Os interessados em utilizar a integração gratuita deverão fazer seu cadastro para aquisição do cartão comum numa das lojas da Cooperlotação. No Centro, a unidade fica no VipX Shopping Popular, que fica entre a Rua Frei Gaspar e Praça Barão do Rio Branco. Na Área Continental, a loja fica Rua Gilberto Esteves Martins, 1128, no Jardim Rio Branco.

domingo, 11 de maio de 2014

500 botões de rosas foram entregues pelo Dia das Mães

Ontem (10), as usuárias do transporte coletivo municipal feito por lotações que foram até o quiosque da Cooperlotação no VipX Shopping Popular foram surpreendidas pelas funcionárias, que as presentearam com rosas, em comemoração ao Dia das Mães. Cartões especialmente dedicados ao dia e 250 botões de rosas foram entregues na unidade. Outros 250 botões da flor foram distribuídos pela cooperativa nas ruas da Cidade.

"É uma data especial e não podíamos deixar passar em branco. Foi só um mimo, mas demos com muito carinho. Esperamos que esse simples botão tenha encontrado lugar especial no coração de cada presenteada", disse Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação.

O presidente diz que sabe que a entrega do mimo não mudará em nada o sistema. "Não fizemos isso com a intenção de alterar alguma coisa ou mascarar algo, como sabemos que muitos falarão. O presente foi realmente uma forma de mostrarmos o nosso carinho pelas mães, essas pessoas essenciais em nosso dia a dia", completou o presidente.

A autorizatária Patrícia Valéria Prado, durante a audiência pública do transporte, na noite de 9 de maio, na Câmara de São Vicente, também homenageou às mães presentes, especialmente às do sistema. "Peço que dêem uma salva de palmas às mães. Eu sou mãe e crio meus filhos com o trabalho das lotações. Como eu, muitas outras mulheres fazem. Temos várias autorizatárias, motoristas e cobradoras que trabalham nas lotações. À essas mulheres, nossa homenagem", disse Patrícia.



sábado, 10 de maio de 2014

Usuários de lotação poderão fazer integração gratuita entre veículos do sistema



A partir de 12 de maio, os usuários do transporte coletivo municipal poderão fazer integração gratuita entre as linhas de lotação. O anúncio foi feito ontem (9), por Renato Nicolussi, diretor financeiro da Cooperlotação, durante a Audiência Pública sobre o Transporte, realizada na Câmara de São Vicente. A novidade será oferecida apenas aos portadores do cartão comum.

Segundo Renato, a ação foi aprovada pelos cooperados em assembleia realizada em setembro do ano passado. Para ser beneficiado, o passageiro precisará fazer uma recarga de R$ 25,00, que lhe dará direito a 10 passagens e uma integração sem custo por passagem. Isso significa que além da gratuidade na integração o usuário ainda terá um desconto de R$ 0,10 centavos por passagem.

“A tarifa não será cobrada quando o usuário pegar a segunda linha de lotação em até 30 minutos após a descida da primeira. Lembrando que o benefício é pessoal e intransferível”, explica o diretor da cooperativa.

Renato finaliza enfatizando que este é mais um benefício da Cooperlotação para os usuários do sistema. “Estamos trabalhando para mudar o serviço oferecido pelo transporte municipal. Muitas ações que beneficiam tanto usuários quanto cooperados já estão em prática na cidade e contamos com o apoio de toda a população para continuar nesse processo positivo de mudanças”.

Os interessados em se beneficiar com a integração gratuita deverão fazer seu cadastro para aquisição do cartão comum numa das lojas da Cooperlotação. No Centro, a unidade fica no VipX Shopping Popular, que fica entre a Rua Frei Gaspar e Praça Barão do Rio Branco. Na Área Continental, a loja fica Rua Gilberto Esteves Martins, 1128, no Jardim Rio Branco.




quinta-feira, 8 de maio de 2014

Câmara abre suas portas para discutir o transporte coletivo de SV em audiência pública



A Câmara dos Vereadores de São Vicente realizará audiência pública para discutir os meios de transporte coletivo da Cidade. O evento, que está marcado para acontecer às 19 horas de hoje, 9 de maio, vem sendo planejado desde o início de março pela CEV (Comissão Especial de Vereadores) do Transporte, presidida pelo vereador Pedro Gouvêa.

“Quando vimos que havia um entrave de difícil solução entre a Administração Pública e o sistema de transporte municipal da cidade, feito pelas lotações, buscamos a ajuda de Câmara para solucionar. O vereador Pedro Gouvêa logo encabeçou a causa e tem nos ajudado a melhorar o serviço prestado na cidade”, disse Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação.

Ele continua: “Essa CEV, que vem sendo planejada já há alguns meses, é uma forma de apresentarmos para a população o que estamos fazendo pelo usuário e também pelo município, além de divulgarmos nossos projetos. Planos que já foram mostrados ao prefeito e engavetados pelo mesmo”.

Anderson ainda afirma que o evento é, também, um meio de ouvir o que a população deseja para o transporte vicentino. Ele diz que sabe onde estão as principais falhas no serviço prestado e enfatiza que está trabalhando para saná-las. “Para que todo esse processo aconteça com maior eficácia,  precisamos do apoio e colaboração dos cidadãos vicentinos. Queremos esse contato direto, esse feedback do público para poder atender da melhor forma o cidadão vicentino”.

O presidente finaliza convidando a população para o evento, que acontecerá no Plenário da Câmara Legislativa, que fica na Rua Jacob Emmerich, 1195, no Centro. “Diariamente a redes sociais nos brindam com elogios e reclamações. Chegou a hora do cidadão vicentino usar a voz para dizer na nossa frente o que pensa ou pretende para o transporte da cidade. Esse contato direto será essencial para a melhoria do sistema”.

Dr. João Guilherme defende transporte de lotações em audiência pública

Clique AQUI e veja como foi o depoimento do advogado da Cooperlotação, 
Dr. João Guilherme Pereirana Audiência Pública do transporte de São Vicente 
realizada no Centro de Convenções em 24 de abril de 2014


Soares questiona prefeito em audiência pública sobre o transporte

Clique AQUI e veja como foi o depoimento do autorizatário Adelfo Soares
na Audiência Pública do transporte de São Vicente realizada no 
Centro de Convenções em 24 de abril de 2014

Dona Izaldina conta sua história com o transporte alternativo de SV

Clique AQUI e veja como foi o depoimento da líder comunitária Izaldina
na Audiência Pública do transporte de São Vicente realizada no 
Centro de Convenções em 24 de abril de 2014


Roberto Sampaio Jr dá sua opinião sobre o transporte de SV em audiência publíca

Clique AQUI e veja como foi o depoimento do usuário de lotações Roberto Sampaio Jr
na Audiência Pública do transporte de São Vicente realizada no 
Centro de Convenções em 24 de abril de 2014


quarta-feira, 7 de maio de 2014

Renato Caruso defende sistema de lotações em audiência pública

Clique AQUI e veja como foi o depoimento do munícipe Renato Caruso
na Audiência Pública do transporte de São Vicente realizada no 
Centro de Convenções em 24 de abril de 2014


José Antônio Cardoso fala em audiência pública

Clique AQUI e veja como foi o depoimento do autorizatário José Antonio Cardoso
na Audiência Pública do transporte de São Vicente realizada no 
Centro de Convenções no dia 24 de abril de 2014



sexta-feira, 2 de maio de 2014

População defende lotações em rede social

Pelo Facebook, população defende serviço prestado pelas lotações em São Vicente e mostra seu apoio à Cooperlotação. Veja:










quarta-feira, 30 de abril de 2014

Profissionais de lotação marcam presença em sessão legislativa


Na noite de ontem (29), profissionais do transporte coletivo municipal feito por lotações lotaram a Câmara de São Vicente durante a sessão legislativa. Eles foram conferir de perto a votação de projeto de autoria do vereador Ferrugem que pode prejudicar a categoria. O projeto, que propõe em lei a realização da licitação de um novo modal, foi apresentado na sessão legislativa do dia 25 de abril. Na ocasião, não houve votação por falta de quórum.

Na sessão de ontem, quando chegou a vez do vereador usar o plenário para expor suas proposituras, a categoria presente o vaiou, ainda assim, Ferrugem usou a bancada da Câmara para fazer um discurso inflamado de apoio aos profissionais de lotação. Contudo, não houve votação do projeto anteriormente apresentado.

Após a sessão legislativa, representantes do transporte, líderes comunitários e vereadores se reuniram na sala de reuniões a Câmara para discutir o futuro do sistema. Na ocasião, foi esclarecido o que a categoria espera da vereança e os edis disseram o que desejam do transporte.





terça-feira, 29 de abril de 2014

Resposta ao secretário Raimundo Oliveira

Jornal A Tribuna publica resposta da Cooperlotação às afirmações inverídicas  do secretário municipal de transportes de São Vicente, Raimundo Oliveira, veiculada na edição do dia 25 de abril de 2014




Para ler direto no jornal, clique aqui

segunda-feira, 28 de abril de 2014

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Com oportunidade de fala, população defende transporte de lotações em Audiência Pública


Na noite de hoje (24), mais de mil pessoas reuniram-se no auditório do Centro de Convenções para a Audiência Pública realizada pela Prefeitura de São Vicente sobre o Transporte. Autorizatários, profissionais do transporte coletivo municipal feito pelas lotações, políticos, líderes comunitários e usuários participaram do evento.

Compunham a mesa, o secretário de Transportes Raimundo Oliveira e integrantes da sua equipe na Setrans. A audiência começou com apresentação da prefeitura de propostas para o "novo modelo de transporte". Propostas das quais muitas já são realidade nas lotações vicentinas, como a instalação de câmeras, que já é realidade nos veículos que fazem a linha da Área Continental, e a bilhetagem eletrônica, que há tempos faz parte de toda a frota do sistema.

Trinta minutos foram dados  para ouvir a população presente. Neste tempo, apenas cinco pessoas conseguiram espaço para falar: Sr. Cardoso, um dos fundadores do transporte por lotações em São Vicente; Juneca Sampaio, líder comunitário no Japuí; Renato Caruso, ex-vereador; Izaldina Laerte, da Comissão de Usuários de Transportes; e Dr. João Guilherme, advogado da Cooperlotação. Todos defenderam o transporte de lotações.