sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Categoria trabalha por mudanças no transporte, que inclui excelência no atendimento ao usuário

As mudanças, que incluem a padronização da frota, devem acontecer 
para qualificar e melhorar o transporte feito por lotações em São Vicente


O projeto de renovação do transporte coletivo feito por lotações está pronto para ser colocado em prática em São Vicente. A proposta inclui logística, padronização da frota, que será 100% composta por microônibus; supervisores técnicos fiscalizando o serviço e horários dos carros nas ruas; e catracas travadas, que oferece mais segurança aos usuários e permite maior controle de tráfego de passageiros dentro dos carros. Há meses, a diretoria da Cooperlotação – em parceria com os presidentes das associações de lotações, estão trabalhando nestas mudanças, que prometem beneficiar tanto usuário quanto proprietário. A concretização dos planos depende, apenas, da autorização da Secretaria Municipal de Transporte.

“Temos trabalhado com afinco para melhorar os serviços oferecidos em São Vicente e acompanhar a modernização do transporte. Fizemos mais do que já nos foi pedido pelo prefeito e pelo Ministério Público. Investimos alto e conseguimos parceiros de grande porte, ainda assim temos o desafio de colocar em prática todo esse trabalho, mas estamos otimistas”, explicou o diretor financeiro da Cooperlotação, Renato Nicolussi Lima.

A meta, segundo conta, era conduzir essas mudanças na rua no início de novembro. O propósito inicial não foi cumprido porque muitas das alterações mexem com as regras e legislação da Cidade, referentes ao transporte de lotações. Renato revela: “essas leis são de 1997, quando o serviço ainda era feito por Kombis. A vida evoluiu e para acompanhar esse desenvolvimento, precisamos da autorização e colaboração da Secretaria de Transportes (Setrans)”.

Cada uma das alterações propostas pela Cooperlotação foi apresentada ao prefeito Luís Claudio Bili e ao secretário de Transportes, Raimundo Oliveira. “Estivemos juntos recentemente e, mais uma vez, conversamos sobre cada uma das mudanças. Ambos gostaram e elogiaram”, afirmou o diretor.

Renato assegura que toda a categoria está unida, trabalhando por estas transformações. Ele conta que grande parte da reclamação da população referente ao tratamento oferecido pelos motoristas e cobradores será resolvida com essas mudanças. Os usuários ainda contarão com mais conforto e  segurança dentro dos carros, pois não haverá mais correria e longas paradas nas ruas da cidade. Os motoristas receberão salário fixo, então não disputarão mais passageiros.

“São mudanças que acontecerão para beneficiar toda a sociedade vicentina, trazendo mais eficiência e excelência ao serviço. Contudo, só deverão ser concretizadas após autorização da Setrans. Enquanto isso, teremos todos que aguardar”, finalizou o diretor.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Cooperlotação alterará forma de operação das lotações

Em breve, o procedimento de entrada, pagamento e saída dos passageiros 
nos veículos será padronizado com a maioria das cidades brasileiras

Catracas estão sendo instaladas e travadas nos veículos de transporte público municipal. A medida visa alterar o funcionamento interno das lotações, que terão seus passageiros entrando pela porta da frente e descendo pela de trás. A ação, que já é comum nos ônibus intermunicipais e nas cidades vizinhas, representará uma mudança de comportamento em São Vicente.

Na cidade, os usuários estão habituados a entrar e sair pela mesma porta,  mesmo nos veículos com duas portas, além de pagar passagem só quando descem. Em breve, esta conduta será alterada.

O procedimento será semelhante nas lotações com apenas uma porta. O usuário pagará a passagem assim que embarcar no veículo. Já os beneficiados com a gratuidade, deverão se identificar logo que entrarem nas lotações.

“É uma mudança simples, que vemos como um grande desafio. Há 18 anos a forma de entrar e pagar a lotação funcionou de um jeito e logo será alterada. Teremos que reeducar nossos passageiros para realizarem algo que já fazem nas cidades vizinhas. Iremos, basicamente, padronizar esta ação, agindo em conformidade com a maioria das demais cidades brasileiras”, explicou Renato Nicolussi Lima, diretor financeiro da cooperativa.

Renato reforça que ainda não há uma data oficial para iniciar o procedimento, mas deverá ser em pouco tempo. “As catracas já estão sendo instaladas e travadas, um processo que deverá levar mais algumas semanas. Ainda não podemos definir oficialmente uma data, mas adianto que será breve”, finalizou.



sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Lotações têm novo ponto de parada


As lotações que fazem as linhas do Humaitá, Parque das Bandeiras e Vila Margarida têm novo ponto de parada na região central da cidade. A partir de hoje, as três linhas cumprem alguns quilômetros a mais no itinerário para parar na Praça 22 de Janeiro, na Biquinha, em frente ao Shopping Pátio São Vicente. A mudança é exclusiva para os veículos do transporte municipal que saem do ponto final, no Itararé, em direção aos bairros.
Esta alteração visa facilitar o trajeto dos usuários que optam por fazer suas compras e lazer no local, proporcionando maior movimentação de pessoas numa das áreas mais turísticas da cidade. “Estamos aqui para somar com o desenvolvimento do município. Esta é uma mudança positiva para São Vicente e ficamos contentes em participar dela”, afirma o presidente da Cooperlotação, Anderson da Silva.
Ele ainda lembra que o crescimento do comércio vicentino se deu após o surgimento das lotações, há 19 anos. “Se hoje temos um dos comércios mais fortes e representativos do litoral paulista, é porque impulsionamos isso lá atrás”, lembra.
Anderson finaliza falando da satisfação de poder contribuir ativamente com o desenvolvimento econômico e modernização da primeira Cidade do Brasil. “As lotações contabilizam quase duas décadas de história em São Vicente. São quase vinte anos cooperando com o crescimento do município e esta mudança de pontos só mostra que a nossa história é eficaz e  ainda temos muito para colaborar”.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Ponto de lotação será instalado em frente ao Shopping Pátio São Vicente


A partir de 25 de setembro, as lotações que fazem as linhas do Humaitá, Parque das Bandeiras e Vila Margarida, param em frente ao Shopping Pátio São Vicente, na Biquinha. O novo ponto de parada de transporte público coletivo está sendo estabelecido para facilitar o trajeto dos usuários que optam por fazer suas compras e lazer no local.
Esta mudança proporciona maior movimentação de pessoas e contribui com a revitalização de uma das áreas mais turísticas da cidade. “Estamos aqui para somar com o desenvolvimento do município. Esta é uma mudança positiva para São Vicente e ficamos contentes em participar dela”, afirma o presidente da Cooperlotação, Anderson da Silva.
Ele ainda lembra que o crescimento do comércio vicentino se deu após o surgimento das lotações, há 19 anos. “Se hoje temos um dos comércios mais fortes e representativos do litoral paulista, é porque impulsionamos isso lá atrás”, lembra.
Anderson finaliza falando da satisfação de poder contribuir ativamente com o desenvolvimento econômico e modernização da primeira Cidade do Brasil. “As lotações contabilizam quase duas décadas de história em São Vicente. São quase vinte anos cooperando com o crescimento do município e esta mudança de pontos só mostra que a nossa história é eficaz e  ainda temos muito para colaborar”.

O ponto de parada no Shopping Pátio São Vicente será exclusivo para as lotações que saem do ponto final, na praia do Itararé, em direção aos bairros.

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Cooperlotação adquire guincho



Os autorizatários de lotação em São Vicente filiados à Cooperlotação contam com mais uma conquista: serviços de socorro de emergência aos carros foram colocados gratuitamente à disposição dos cooperados. Isto porque a entidade adquiriu, em parceria com a Radsoft,  guincho próprio.

O carro de socorro, uma reivindicação antiga daqueles que vivem do sistema, é ofertado exclusivamente aos veículos do transporte coletivo municipal da cidade.  Atualmente, o serviço conta com cerca de três chamadas diárias.

“Ter guincho próprio é um desejo antigo do sistema e que foi prometido, inclusive, por outras diretorias da Cooperlotação. Felizmente, chegou o momento de realizarmos este sonho”, explicou o presidente da cooperativa, Anderson da Silva.


Para os cooperados, este benefício representa uma grande economia no orçamento. “Pagávamos, a cada chamada de guincho particular, cerca de R$ 150,00 e esse valor poderia aumentar dependendo da localização do veículo. Hoje, o cooperado não tem mais esta preocupação, já que o serviço é oferecido sem custos pela Cooperlotação”, finalizou o presidente.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Cooperativa das lotações doa cadeiras de rodas para o hospital municipal

Cleber Carpanedo e Ricardo Lombardi (na extrema direita da imagem), diretores 
da Cooperlotação, entregaram as doações no hospital municipal 


Cadeiras de rodas foram doadas pela Cooperlotação ao hospital municipal de São Vicente, antigo CREI. Os equipamentos foram entregues na manhã desta terça-feira (18), por Ricardo Lombardi e Cleber Carpanedo, respectivamente vice-presidente e secretário da cooperativa, a André Cavallero, diretor administrativo do hospital. Também marcaram presença na solenidade o vereador Ferrugem, funcionários e voluntários da unidade de saúde.

“Há anos a cooperativa trabalha pelo social da cidade. Sempre que identificamos uma necessidade no município e vemos que é possível colaborar para minimizar o problema, contribuímos. Sabemos que esses equipamentos farão a diferença na dinâmica de atendimento do local e, consequentemente, na vida de muitas pessoas da comunidade”, disse Carpanedo.

O vice-presidente da Cooperlotação acrescentou que ações como esta ajudam a cooperativa a manter os trabalhos sociais junto à cidade. “Elas também nos aproximam ainda mais da população, o que é bom, pois o sistema de transporte feito por lotações existe para servir o município”, disse Lombardi.


“Não é porque nosso serviço é transporte público coletivo que não podemos colaborar com outras áreas. Contribuir com o social é nosso dever como entidade e, como cidadãos”, finalizou o vice-presidente.




terça-feira, 28 de julho de 2015

50% da frota de lotações conta com seguro de responsabilidade civil


 A meta da diretoria da cooperativa é que até o final do ano, 
toda a frota esteja coberta com seguro indeniza até 
casos de morte acidental ou invalidez


Há cerca de três meses
, a Cooperlotação está trabalhando para que toda a frota de veículos que compõe o transporte coletivo de passageiros em São Vicente esteja coberta com seguro de responsabilidade civil.

Atualmente, 50% das lotações já possui o benefício, que abrange: danos materiais e civis aos transportados e aos não transportados; e apólice tanto aos condutores quanto aos passageiros por invalidez ou morte acidental.


Oferecido pela cooperativa em parceria com a Nobre Seguradora, o seguro cobre as despesas com médicos e hospitais e paga indenização para casos de morte acidental e invalidez permanente ou total. 


“Aquele que sofrer uma lesão causada durante um acidente de lotação já assegurada, pode acionar o seguro e receber sua indenização”, explica Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação.

A meta, segundo a diretoria da cooperativa, é que antes do final do ano 100% da frota esteja assegurada.

Valores de indenização são superiores aos oferecidos pelo DPVAT
Os valores de indenização para aqueles que sofrem acidentes em lotações vicentinas, ou participam dos mesmos, são superiores aos oferecidos pelo DPVAT (seguro obrigatório contra acidentes de trânsito).

Em caso de danos materiais e danos civis para transportados e danos civis para não transportados, o valor máximo da indenização é de R$ 70 mil. Danos materiais para não transportados, o valor coberto é de até R$ 50 mil. Se houver invalidez ou morte acidental, a indenização máxima é de R$ 30 mil. Já os condutores estão assegurados com até R$ 40 mil em caso de morte ou invalidez por acidente.

Para que se entenda melhor: o valor máximo pago pelo DPVAT é de R$ 13.500,00 para casos de morte ou de invalidez, e de R$ R$ 2.700,00 para cobrir despesas médicos-hospitalares.

Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação, alerta: “Só poderão ser indenizados por nosso seguro, o passageiro que confirmar que estava em determinado acidente ou seu familiar através de Boletim de Ocorrência (B.O.)”.


Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (13) 3469-2211, com Luiz Felipe.


sexta-feira, 24 de julho de 2015

Cooperativa contrata engenheiro de trânsito


O profissional fez a logística das lotações no trânsito vicentino 
a fim de melhor adequar o serviço no trânsito vicentino



A Cooperlotação contratou um engenheiro de trânsito para fazer a logística do transporte coletivo municipal de passageiros na cidade. A proposta é montar um projeto para melhorar o tráfego de lotações em São Vicente.

“Queremos que o nosso serviço flua com mais acertabilidade. O estudo feito por nosso engenheiro, visa acabar com a lentidão dos carros e, também, com a disputa que, infelizmente, ainda existe entre as lotações”, explica o presidente da entidade, Anderson da Silva.

Outro objetivo da logística é adequar da melhor forma os horários dos veículos. “São Vicente merece um transporte que atue com mais qualidade e respeito ao usuário e estamos trabalhando para oferecer isso aos nossos passageiros”, afirmou o presidente.

O estudo da logística será apresentado aos autorizatários de lotações e a proposta deverá ser colocada em prática no trânsito da cidade, logo após sua aprovação em assembleia.



quinta-feira, 23 de julho de 2015

TV Tribuna entrevista secretário da Cooperlotação

Saiu na Mídia



Secretário da Cooperlotação, Cleber Carpanedo, fala sobre o limitador de velocidade nas lotações em entrevista à TV Tribuna. Para assistir a matéria clique aqui ou copie cole a url a seguir no seu navegador:

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/jornal-tribuna-2edicao/videos/t/edicoes/v/motoristas-de-coletivos-abusam-de-velocidade-em-sao-vicente-sp/4340190/

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Lotações completam 18 anos em São Vicente

O serviço, que iniciou apenas com peruas kombis, em breve contará com toda a frota 
composta por microônibus de primeira qualidade


Neste ano, o sistema de transporte coletivo municipal vicentino feito exclusivamente por lotações completa 18 anos de funcionamento na Cidade. O serviço, iniciado clandestinamente por peruas Kombis, foi legalizado apenas em 1998, um ano depois de seu surgimento.
“Desempregados utilizavam peruas Kombi, muitas vezes em mau estado, para arrebanhar pessoas nos pontos de ônibus que precisavam chegar ao trabalho e não contavam com transporte municipal eficiente, sobretudo as que viviam em bairros mais distantes ou na área continental”, conta o jornalista Clovis Vasconcelos, no livro “O Segredo de Márcio França”.
De lá para cá, o sistema passou por várias fases. Das Kombis passou a atender a população com vans e, logo depois, miniônibus. Pouco depois, os microônibus passaram a circular pela cidade e, em breve, 100% da frota será composta por este modelo de veículo – o que aumentará a oferta de espaço e lugares dentro dos carros de lotações em São Vicente.

“É um serviço que ainda está em evolução. É verdade que temos muitos problemas a enfrentar, mas estamos em busca de soluções desses entraves e, a cada dia, trabalhamos para oferecer melhor tanto para que vive do transporte quanto para aqueles que o utilizam em seu dia a dia”, garante Anderson da Silva, presidente da Cooperlotação.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

População vicentina já circula em carros da nova frota

O sistema segue firme na padronização e modernização da nova frota de veículos de lotações, 
oferecendo mais conforto e segurança para seus usuários


A cada dia aumenta o número de novos veículos de lotações circulando em São Vicente. Os carros, que seguem o mesmo padrão, fazem parte da nova frota que a diretoria da Cooperlotação anunciou no começo do ano.
“O sistema segue firme na padronização e modernização da nova frota de veículos de lotações no município. Todos os dias, novos carros começam a circular na cidade, o que influencia diretamente na qualidade dos serviços prestados pelo transporte público coletivo de São Vicente”, disse o diretor financeiro da Cooperlotação, Renato Nicolussi Lima.
Segundo ele, até o final do ano, a Cooperlotação anunciará muitos outros benefícios do transporte para a cidade. “Temos alguns projetos em discussão e em breve anunciaremos para a população. Só posso adiantar que tais ações contribuirão para a melhora dos serviços prestados pelo sistema”.
Nova Frota – A nova frota é composta apenas por microônibus. Logo, todos os novos veículos têm o mesmo padrão e especificações técnicas, incluindo tamanho, cor, altura, largura, quantidade de bancos, duas portas e elevador para cadeirantes. Eles ainda contam com espaço interno maior do que a população está acostumada a ver na cidade, o que proporciona mais conforto aos passageiros durante o trajeto.
Os carros ainda possuem com anjo da guarda, equipamento que não permite a partida do veículo com as portas abertas, e limitador de velocidade.

“Quem já andou numa das novas lotações sente a diferença na qualidade do serviço. O que muitos não vêem são os equipamentos que oferecem ainda mais segurança durante a viagem, como o anjo da guarda e limitador de velocidade. Uma prova de que esta diretoria da Cooperlotação trabalha para melhorar o sistema de transporte coletivo municipal em São Vicente”, finaliza Renato.

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Seguro indenizará vítimas do acidente entre lotações

Foto: Divulgação

A Cooperlotação informa que as vítimas do acidente ocorrido nesta manhã entre duas lotações na Avenida Quarentenário, Área Continental de São Vicente, estão asseguradas. Isto porque, o micro-ônibus n° 218, que causou a colisão, está coberto com seguro que garante: danos morais e danos civis a transportados, assim como danos materiais, entre outros.
Segundo o presidente da Cooperlotação, Anderson da Silva, o prejuízo foi grande nos dois veículos mas, pior ainda, foi o susto entre os passageiros. “Foi um acidente feio em que, graças a Deus, não houve  vítimas fatais. Os passageiros tiveram apenas ferimentos leves e todos serão assegurados”, garante.
Seguro - Desde o início deste ano, a Cooperlotação está trabalhando para que 100% de sua frota esteja coberta com seguro que abrange: danos materiais e civis aos transportados e aos não transportados; apólice tanto aos condutores quanto aos passageiros por invalidez ou morte acidental.
O seguro, oferecido pela Cooperlotação em parceria com a Nobre Seguradora, iniciou em janeiro deste ano e já conta com 50% da frota coberta.



Colisão entre vans deixa 12 pessoas feridas em São Vicente

Matéria de Diário do Litoral



Um acidente deixou 12 pessoas feridas na manhã desta sexta-feira (3), em São Vicente. Duas vans colidiram de frente, por volta das 6h40, na Avenida Quarentenário. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) teve de ser chamado. 
Segundo informações, um dos veículos perdeu o controle da direção após passar por uma lombada e acabou batendo de frente com o outro. 
As duas vans levavam passageiros no momento do acidente. De acordo com a Secretaria da Saúde de São Vicente (Sesau), todas foram encaminhadas para o Hospital Municipal, antigo Crei. Os pacientes foram medicados e liberados. Não houve registro de casos graves.
As causas da colisão serão investigadas.

Acidente com micro-ônibus deixa 12 pessoas feridas em São Vicente

Matéria: Jornal A Tribuna

Um acidente de trânsito envolvendo dois  micro-ônibus de São Vicente deixou 12 pessoas feridas na manhã desta sexta-feira, na Avenida Quarentenário.
Segundo informações de testemunhas, a colisão aconteceu por volta das 6h45, quando um dos veículos perdeu o controle da direção após passar por uma lombada e bateu de frente com outro.
Os dois micro-ônibus levavam passageiros no momento do acidente, sendo que 12 deles precisaram ser socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, todos foram levados para o Hospital Municipal, o antigo Crei, mas com ferimentos leves. As causas do acidente estão sendo investigadas.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Cooperlotação expõe veículo da nova frota na garagem da sede


Na garagem da Cooperlotação, os cooperados podem conhecer de perto um dos veículos que comporá a nova frota de lotações da cidade e negociá-lo diretamente com o fornecedor. Lembrando que os autorizatários terão pouco mais de um ano e meio para trocar a lotação antiga pela nova. 

Há pouco mais de um mês, carros da nova frota começaram a circular em São Vicente. Os novos veículos, são padronizados com o mesmo padrão e especificações técnicas,  que incluem: tamanho, cor, altura, largura, quantidade de bancos, duas portas e elevador para cadeirantes.

Para garantir a segurança dos usuários, as novas lotações utilizarão anjo da guarda, equipamento que não permite a partida do veículo com as portas abertas, e limitador de velocidade.  

Os veículos também estarão equipados com três câmeras de monitoramento, com acompanhamento online 24 horas, e GPS, que permite a localização precisa da lotação através de uma central de controle.

Informações sobre o carro e negociações devem ser feitas diretamente com Ricardo Siqueira, pelo ID 86*239318.












quinta-feira, 23 de abril de 2015

Passo a Passo de como adquirir créditos pela Internet

Veja abaixo como fazer para adquirir créditos para o seu cartão transporte comum e escolar pela Internet. Caso não consiga ler, clique aqui


sexta-feira, 10 de abril de 2015

Vale transporte para lotações já pode ser adquirido pela Internet



A Cooperlotação já está fazendo as vendas de vale transporte comum e escolar pela internet. Os interessados em utilizar este recurso devem entrar no site da cooperativa, no quadro Passageiro Web e fazer um cadastro online para poder adquirir seus créditos. Feita a matrícula, um e-mail é enviado para usuário com o link de ativação da conta.

Depois de clicar em comprar créditos, um boleto será gerado e após a compensação do pagamento, o valor adquirido estará disponível para o comprador num dos pontos de recarga que a cooperativa mantém na cidade.

O benefício só é válido para pessoas que já têm cadastro do cartão comum ou escolar. Quem quiser adquirir seus créditos para lotações pela Internet, precisa antes fazer o cadastro no setor de atendimento ao usuário, que fica na sede da entidade, localizada à Rua Frei Gaspar, 2959, no Parque São Vicente. 

O endereço eletrônico da cooperativa é www.cooperlotacao.com.br. Outras informações pelo telefone (13) 3469-2211.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Assembleia para prestação de contas da Cooperlotação terá nova data



Na noite de ontem (31), a diretoria da Cooperlotação realizou, na sede da entidade, Assembleia Ordinária para prestação de contas da entidade. O evento, que iniciou às 19 horas, em terceira chamada.

A aprovação da prestação de contas do biênio 2013/2014 foi suspensa por consenso dos cooperados, que entenderam ser necessário a apresentação de mais documentos para uma aprovação geral. Como o tempo disponibilizado para o mesmo não era razoável, foi decidido que posteriormente haverá análise desses documentos por uma comissão ainda a ser formada e uma nova assembleia será marcada.

Os sete nomes que integrarão esta comissão serão apresentados até a próxima segunda-feira (6), por Adelfo Soares, presidente da associação da Vila Margarida, e pela diretoria da Cooperlotação. 

Foi acordado entre a diretoria da entidade, os cooperados presentes e o contador responsável pela conta da cooperativa, Fabiano Cutino - que esteve presente na assembleia, que os documentos pedidos por esta comissão, deverá ser entregue num período ainda a ser definido. Também foi decidido em conjunto, após  solicitação feita por Sores, que a conclusão da análise dos documentos acontecerá em até  30 dias. 

"A análise acontecerá na sede da Cooperlotação, conforme prevê o Estatuto", lembrou o responsável pelo departamento jurídico da entidade, Dr. João Guilherme, também presente na assembleia.

No evento, ainda questionaram a legitimidade da atual diretoria da Cooperlotação. Ao final da assembleia, Dr. João Guilherme apresentou documento expedido pela Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp). O documento comprovou aos presentes que a atual diretoria, presidida por Anderson da Silva, está devidamente registrada na Junta, não havendo qualquer irregularidade da nova gestão.
 

sexta-feira, 27 de março de 2015

Categoria marca presença em sessão legislativa


Na noite de ontem (26), autorizatários do transporte coletivo municipal de São Vicente participaram - em peso - da sessão legislativa realizada na Câmara da Cidade, onde se manifestaram pelo valor do reajuste da tarifa. Na Primeira Cidade do Brasil, a passagem das lotações aumentou há quatro dias, após dois anos sem reajuste.
Empunhando faixas, alguns cooperados à Cooperlotação, reivindicavam que o reajuste fosse superior ao dado pela prefeitura. "Nossa passagem subiu de R$ 2,60 para R$ 3,10. Mas a última planilha de custos enviada à administração pública mostrava que precisávamos que o aumento fosse de R$ 3,52", explicou o secretário da cooperativa, Cleber Carpanedo, em recente entrevista.
A sessão legislativa chegou a ser pausada para que os vereadores da casa pudessem discutir diretamente com os líderes do sistema a situação do aumento da passagem. O vereador Pedro Gouvêa afirmou que era tarde para os transportadores reivindicarem reajuste superior ao dado. "A reivindicação de vocês é justa, mas o tempo passou. Vocês teriam que ter vindo reclamar antes do aumento ter sido decretado pela Prefeitura", declarou o edil.

terça-feira, 24 de março de 2015

Usuários poderão adquirir créditos pela internet a partir de segunda-feira



A partir do dia 30 de março, a Cooperlotação estará fazendo as vendas de vale transporte comum e escolar pela internet. Os interessados em utilizar este recurso devem entrar no site da cooperativa, no quadro Passageiro Web e fazer um cadastro online para poder adquirir seus créditos. Feita a matrícula, um e-mail é enviado para usuário com o link de ativação da conta.

Depois de clicar em comprar créditos, um boleto será gerado e após a compensação do pagamento, o valor adquirido estará disponível para o comprador num dos pontos de recarga que a cooperativa mantém na cidade.

O benefício só é válido para pessoas que já têm cadastro do cartão comum ou escolar. Quem quiser adquirir seus créditos para lotações pela Internet, precisa antes fazer o cadastro numa das lojas da entidades. 

“Poder adquirir créditos sem precisar sair de casa, é mais uma comodidade que oferecemos aos usuários do sistema", enfatiza o presidente da cooperativa, Anderson da Silva.

As lojas da Cooperlotação ficam nos boxes 79/80/82 do VipX Shopping Popular (Rua Frei Gaspar 535, no Centro) ou na garagem da cooperativa, localizada na Rua Frei Gaspar, 2959, no Parque São Vicente.

Informações pelo telefone (13) 3469-2211.

sábado, 21 de março de 2015

Tarifa sofrerá reajuste com valor abaixo do que foi apresentado na planilha de custos



A Cooperlotação informa que a partir da zero hora da próxima segunda-feira (23), a tarifa do transporte coletivo de passageiros em São Vicente aumentará. O valor passará de R$ 2,60 para R$ 3,10. O reajuste foi autorizado pelo Decreto nº 4117-A, que prevê a destinação de R$ 0,10 (dez centavos) da passagem ao Fundo Municipal de Saúde, de acordo com compromisso entre a Prefeitura e a Cooperlotação. 

A destinação será mensal e sua formalização acontecerá em Termo de Destinação, correspondente a cada mês, onde deverá constar, dentre outros itens, o valor do repasse. 


A diretoria da cooperativa explica que o reajuste acontece após dois anos sem aumento de tarifa. O último aumento entrou em vigor no dia 1º de abril de 2013, quando a tarifa passou para R$ 2,70. Em julho do mesmo ano, o valor da passagem foi reduzido para R$ 2,60, atendendo às reivindicações de usuários. 

Uma planilha de custos, solicitando o aumento da passagem para R$ 3,22 foi enviada pela Cooperlotação para a Prefeitura Municipal em novembro  passado. No início deste mês, um novo documento foi protocolado no gabinete do prefeito e na Secretaria de Transportes, com valores atualizados. "Para cobrir os custos, vimos como necessário aumentar R$ 3,52", informa Cleber Carpanedo, secretário da Cooperlotação.

Ele explica que o aumento neste valor se faz necessário diante dos cinco reajustes aplicados ao combustível nos últimos dois anos e também ao aumento do valor dos pneus, entre outros itens que garantem a manutenção correta da lotação.

"Fomos atendidos em R$ 3,10, sendo que R$ 0,10 será  destinado ao  sistema de saúde de São Vicente, para compra de ambulâncias para o município", revela o diretor. Segundo ele, este reajuste beneficiará também a população, que deverá ter toda a frota renovada em até dois anos. Outro benefício que o reajuste traz é o seguro contra terceiros e que se estende, também, aos passageiros, transportados e não passageiros transportados.

Cleber enfatiza que a cooperativa gostaria que o reajuste tivesse acontecido em novembro passado, quando a entidade entregou a primeira planilha para o prefeito. "O valor do aumento está abaixo do que se fazia necessário. Nos sentimos prejudicados com este aumento", finalizou o secretário.


O último reajuste entrou em vigor no dia 1º de abril de 2013, quando a tarifa passou para R$ 2,70. Em julho do mesmo ano, o prefeito Luis Cláudio Bili, autorizou a redução para R$ 2,60, atendendo às reivindicações de usuários. 

terça-feira, 10 de março de 2015

Cooperlotação homenageia clientes no Dia da Mulher


No sábado, dia 7 de março, a Cooperlotação homenageou suas clientes com um botão de rosa e um cartão personalizado. Os mimos foram entregues apenas àquelas que compareceram à unidade da cooperativa dentro do Shopping VipX, um dia antes do Dia da Mulher. Durante o expediente da loja, 250 botões da flor foram distribuídos. 
Esse é o segundo ano consecutivo que a cooperativa realiza esta ação. Um gesto simples, mas que tocou o coração de várias mulheres presenteadas. Um sorriso, um brilho no olhar, a surpresa foram algumas das reações vistas por nossas atendentes, quando entregavam a rosa. Muitas presenteadas afirmaram que nunca haviam ganhado nada antes e mostraram-se felizes com o mimo.

"Um presente simples, mas com grande significado. Cada botão entregue foi uma forma de mostrarmos às nossas clientes o quanto são especiais", disse o presidente da Cooperlotação, Anderson da Silva.

A cooperativa aproveitou a data para homenagear publicamente também suas colaboradoras nas redes sociais.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Veículo da nova frota é preparado para ganhar as ruas vicentinas

Nesta semana, Rogério Norato, responsável pela manutenção técnica dos veículos do transporte municipal de São Vicente, fez os últimos ajustes para que a primeira lotação da nova frota passe a circular nas ruas da cidade.




segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Cooperativa anuncia que fará vendas de vale transporte pela internet



A partir de fevereiro, a Cooperlotação estará fazendo as vendas de vale transporte comum e escolar pela internet. Quem anuncia é o responsável técnico de informática da entidade, Daniel Barbosa Martins. “Estamos fazendo os últimos acertos do programa. Então, em poucos dias estaremos oferecendo esta comodidade ao usuário do sistema”, garante.

Os interessados em utilizar este recurso devem ficar atentos no site da cooperativa. “Ainda não temos um dia exato para anunciar, então aconselho que os usuários acompanhem nossa página, onde deverão fazer um cadastro online para utilizar o serviço”, explica Daniel.

Quando o programa estiver no ar, as pessoas que já têm cartão transporte  deverão se cadastrar para poder fazer a compra dos créditos. Um boleto será gerado e após a compensação do pagamento, o crédito adquirido estará disponível para o comprador num dos pontos de recarga que a cooperativa mantém na cidade.


quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Transporte vicentino é tema no programa Hora Geral

Os serviços oferecidos pelas lotações de São Vicente foram discutidos na manhã de hoje (29) no programa Hora Geral, da Santa Cecília TV. Apresentado por Douglas Gonçalves, o programa - que passa ao vivo às 7 horas da manhã - contou com a participação do secretário da Cooperlotação, Cleber Carpanedo e do jurídico da cooperativa, Dr. João Guilherme.

O dia a dia do transporte municipal vicentino foi a pauta da programação, que contou, ainda, com a participação dos telespectadores, que fizeram perguntas aos entrevistados. Nesta interação, os representantes da cooperativa tiveram a oportunidade de esclarecer informações que nem sempre chegam ao usuário do sistema, como o por que da disputa entre motoristas de lotações; a obrigatoriedade do uniforme; e a forma mais eficaz de fazer uma denúncia contra o profissional de lotação que comete infrações.

"Foi uma excelente oportunidade que tivemos de apresentar o dia a dia do transporte sob a nossa ótica, que vivemos dele, de mostrar à população que existe o outro lado e ainda falarmos sobre o novo transporte feito por lotações que passará a funcionar dentro de poucos dias", disse Cleber.

Para assistir ao programa, clique no link http://euestoucomvoce.com.br/hora-geral/nova-frota-da-cooperlotacao-de-sao-vicente-e-o-tema-do-hora-geral-desta-quinta-29/


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Novos microônibus terão mesmo padrão e especificações técnicas

Inicialmente, 22 veículos zero quilômetros foram entregues durante as comemorações dos 483 anos de São Vicente. Os novos microônibus terão o mesmo padrão e especificações técnicas, incluindo: tamanho, cor, altura, largura, quantidade de bancos, duas portas e elevador para cadeirantes.

Para garantir a segurança dos usuários, as novas lotações utilizarão anjo da guarda, equipamento que não permite a partida do veículo com as portas abertas, e limitador de velocidade.  

Os veículos também estarão equipados com três câmeras de monitoramento, com acompanhamento online 24 horas, e GPS, que permite a localização precisa da lotação através de uma central de controle.

“Estamos entrando numa nova era do transporte municipal vicentino, que começou a sua história com as lotações há pouco mais de 17 anos. Apresentamos novos carros que vieram para somar no serviço oferecido em São Vicente, acrescentando mais qualidade ao trabalho e proporcionando mais conforto e segurança ao usuário”, disse o presidente da Cooperlotação, Anderson da Silva.

A previsão, segundo ele, é que até o final de fevereiro os primeiros veículos da nova frota já estejam circulando pelas ruas de São Vicente e em dois anos, toda a frota seja trocada.